Terrenos e lojas comerciais

ALDI-Grundstücke und Immobilien

Visando a abertura de mais supermercados ALDI procuramos em Portugal as seguintes áreas:

 

  • Terrenos 4.000 a 6.000 m² ou superiores
  • Locais comerciais 800 a 1.200 m² superfície útil

 

Deverão ter aproximadamente 100 lugares de estacionamento e infra-estruturas adequadas ao movimento de camiões de 40 toneladas. Em caso de arrendamento estamos disponíveis para efetuar pagamentos adiantados e financiamos obras de restauro e/ou ampliações.

 

Poderá enviar as suas propostas (incluíndo agentes imobiliários) para a seguinte morada:

 

ALDI Portugal - Supermercados, Lda.
Rua Ponte dos Cavalos, 155
Apeadeiro de Sarilhos
Alto Estanqueiro-Jardia
P-2870-674 Montijo

 

 

 

* Notas de rodapé e informações legais

*

Validade de preços a partir da data indicada, salvo artigos com stock esgotado no primeiro dia de vendas devido a uma grande procura, apesar de uma planificação cuidadosa, ou erro tipográfico. Agradecemos a sua compreensão. Fotos não vinculativas. Sugestões de apresentação.

 

Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo:

 

  • Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa, telefone 218 80 70 30
  • Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave/Tribunal Arbitral, telefone 253 422 410
  • CIAB - Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Consumo (Tribunal Arbitral de Consumo), telefone 707 788 787
  • Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, telefone 707 788 787
  • Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Conflitos de Consumo do Algarve, telefone 707 788 787
  • Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto, telefone 22 550 83 49

 

Informamos, a esse propósito, que a ALDI é empresa aderente ao CNIACC - Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo, o qual, no entanto, só se considera competente caso o assunto não se encontre coberto por outro dos já referidos centros de arbitragem.

Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt.

(Informação actualizada em 17/10/2016)